segunda-feira, 18 de julho de 2011



… Por isso, não sei por que motivo as fofas desta terra continuam a insistir numas férias na praia, para uns dias de sossego. Sossego? Levantar cedo, ir ao pão e ao supermercado, fazer 30 sandes para a família e penduras; pegar nas toalhas, nos cremes, no almoço, nas cadeiras, no guarda-sol; enfiar tudo no carro e avançar em direcção ao areal onde, com muita sorte, podemos assentar arraiais em meio metro quadrado, ilha deserta rodeada de muita gente por todos os lados. Depois são os banhos de água e de sol, os gelados, as bolas de Berlim, bebés com birras incompreensíveis, crianças aos gritos, velhas a ressonar, jovens a jogar à bola por cima de toda a gente…

Quando, ao final da tarde, tudo parece mais calmo, convidando a uma permanência mais prolongada, eis que os teenagers querem voltar ao apartamento, por causa da night que se aproxima. E pronto: é o regresso, os duches, os cremes, as costas doridas, o jantar, a saída ao serão; depois, uns querem ir ao cinema, outros ao bar da praia, outros aos bares da zona vip…

Enfim. Tudo, estes e outros, motivos para ficarmos em Montemor, terra de Santos e de Heróis (e de muitos Tesos respeitáveis).



3 comentários:

faroleiro disse...

Sem duvida, subscrevo completamente...

Maria disse...

Sufoco só de olhar a foto...
Julho e Agosto são meses de ficar em casa :)))

Carlos Olivença disse...

Tenho uma sugestão, uma vez que tb partilho da opinião: porque é que não nos afastamos 15 diazinhos deles? Porque é que não oferecemos umas férias aos fofos e fofas das nossas casas? Eles devem andar fartos de nós e "de modos" que resolvemos dois problemas: o nosso e o deles!Isso sim seriam férias, hirra lá mais à praia !

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal