quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Frau Hitler



Ando preocupado com o facto de Portugal ter de sair da zona euro… seja lá o que isso for. Ando preocupado, mas não é pelo facto de voltar aos escudos, e sim porque a Europa, e Portugal em particular, numa atitude de Yes Minister, estúpida e lambebotista, já começou a fazer tudo o que a Alemanha manda. A senhora Merkel diz: “Cantem!”. E a gente canta. A senhora Merkel diz: “Chorem!”. E a gente chora. A senhora Merkel grita: “ Paguem!” E a gente paga. A senhora (que devia fazer uma dietazita) berra: “Comam pedras!” E a gente come, em silêncio como cordeiros, inocentes e parvos. Espero ardentemente que ela, um destes dias, não se lembre de nos gritar: “Diarreia!”

Na minha ainda inocência em relação às repetições da História (já não tenho idade para tanta ingenuidade), só agora percebi que estamos perante o IV Reich. O primeiro foi quando Carlos Magno quis conquistar a Europa; o segundo, quando Napoleão quis ser dono da Europa; o terceiro quando Hitler foi dono da Europa e, agora, o quarto começou quando a senhora chanceler alemã jurou a si própria vingar a derrota de Adolfo Hitler e transformar-se num Adolfo louro e sem bigodinho (tem um pequeno buço mas… mal se nota!).

Herr Adolf, o original, que subiu ao poder com o voto do povo, sentiu há pouco, esteja onde estiver, um arrepio de alegria quando percebeu que há uma nova Blitzkrieg na velha Europa e que, desta vez, não há aliados que nos safem. Blindados? Infantaria? Aviação? Náááááá! Os métodos agora são outros, igualmente fatais. E não é preciso construir campos de concentração. Cada país em apuros vai-se, aos poucos, transformando num verdadeiro campo de morte.

O Dia D ainda vem longe, se é que vai chegar. Heil, Frau Angela!

6 comentários:

Anónimo disse...

Nem mais...

Anónimo disse...

Julgo que até podemos ir mais longe nesta reflexão. E com um pensamento muito simples: se agora nos encontramos sujeitos às directivas dos "mais fortes" é porque, num passado não muito distante, não conseguimos criar (quando até tínhamos condições para tal!!)bases necessárias para nos colocarmos mais próximos do seu nível...um abraço!

Mad Hattress disse...

Não podia estar mais de acordo.

helenabpiresb disse...

tal e qual!

kalikera disse...

Tens um volkswagen?
Vende.

Prophet of Disaster disse...

Eu não chamaria ao que eles estão a fazer um Blitzkrieg, termo que denomina uma manobra rápida para ganhar terreno. Do nenhum alemão que percebo, o que eles estão a fazer é mais um "Kesselschlacht", ou seja, é a táctica usada na batalha de Kiev em que se usou um cerco completo da cidade com o objectivo de isolar, submeter e aniquilar as forças inimigas. Durante a Operação Barbarossa, o tio Adolfo desistiu da táctica do blitzkrieg porque tinha medo do exército russo que era muito maior que o alemão. Mas já me estou a estender. Acho que o que Angela Hitler anda a fazer é eliminar os países mais fracos para ficarem só os que têm a economia mais forte. No fundo, é como a Mãe Pássara que dá de comer aos passarinhos para eles ficarem fortes e sairem. Há depois aqueles que não se conseguem alimentar porque são espezinhados pelos "irmãos", definham, morrem e ficam a apodrecer no ninho...

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal