quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O Triunfo dos Porcos





Pouco me apetece falar destas duas personagens que me andam a entristecer os dias, já por si demasiado cinzentos, mas não sei o que pretendem os principais candidatos a primeiro-ministro. As acusações têm dominado esta campanha eleitoral, o debate que diziam ser tão decisivo acabou por ser um anti-debate e descambar num rol de acusações de parte a parte que só serviram para não esclarecer coisa nenhuma, porque nenhum deles conseguiu mostrar de forma clara como vai ajudar o país a entrar numa zona de equilíbrio que nos traga algum sossego. Porque para estas duas figuras Portugal não tem futuro. Só passado e estúpidos odiozinhos de estimação.
Sócrates, por outro lado, tem sido, vergonhosamente, a bola que os dois vão atirando um para o outro, sem nunca terem apresentado ao comum dos mortais propostas credíveis de solução para tantos e tantos problemas que nos afligem. Os líderes do Partido Socialista e do Partido Social Democrata, na euforia da troca de palavras, esquecem que os partidos que os apoiam são ambos responsáveis pelo estado a que isto chegou. Quem passou por todos estes governos democráticos, de Mário Soares a Passos Coelho?
Por isso, não sabemos o que esperar do próximo chefe de governo. É que, como diria George Orwell, o povo olha de Passos para Costa e volta a olhar de Costa para Passos e não consegue distinguir qual deles é qual.

E Paulo Portas? Sobre Paulo Portas apenas uma linha: esta.

In "O Montemorense", Setembro 2015


1 comentário:

Anónimo disse...

Amigo,

eu para não deprimir mais do que já estou, nem os quero ver nem ouvir.

Estou farta de tanta mentira, roubo e falsidade. São os dois uma bela porcaria!

Vamos voltar ao tempo dos nossos avós, porque este País não se endireita!

Beijinhos

Fátinha

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal