domingo, 17 de março de 2019

De fio a pavio - parte 2



A Fofa continua sensível ao que a rodeia e hiper-super-mega atenta às minhas tentativas de escrever mais umas coisas, não vá eu ofender algumas virgens, tão virgens como eu em determinados assuntos e em determinadas práticas. Deixou-me de boquinha aberta, há bem pouco tempo, esta Fofa de uma figa. Disse-me ela, com ar pensativo, num destes dias ao serão, depois de enfiado o pijama e ajeitadas as pantufinhas: “O menino acha que me posso candidatar às próximas legislativas, para poder vir a ser primeira-ministra como a D. Assunção?” Sem acreditar no que estava a ouvir, respondi-lhe, animado, mas sério: “Claro que podes. Arranjas-me um cargo fixe, uma direcção-geral, uma secretaria de estado, um ministério, só para eu fazer uns projectos e umas cenas e assim?” Houve um momento pesado, de silêncio pesado, mesmo. Levantou o sobrolho, escancarou-me os olhos e respondeu: “Ficas com o cargo de Primeiro Damo.”
Já nem acabei de ver a novela. Cama com ele. (Ainda hoje não lhe dirijo palavra.)


João Luís Nabo

In  "O Montemorense", Março de 2019

Sem comentários:

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal