terça-feira, 17 de novembro de 2009

Coral de São Domingos brinda à ópera!


Lá estará para cantar com a Orquestra Sinfónica do Ginásio Ópera e com os solistas Ana Paula Russo (soprano), Larissa Savchenko (meio-soprano), João Rodrigues (tenor) e Diogo Oliveira (barítono).
Dirige o Maestro Kodo Yamagishi.
Vai ser uma noite absolutamente fantástica.

12 comentários:

Leonel Craveiro disse...

Vivo eu na cidade património mundial, sinceramente!
Se a julgassem por património cultural, perdia as insígnias!
Faz-se mais pela cultura em Montemor do que aqui, na capital distrital.
Basta consultar este blog para se ter a noção do reboliço cultural da minha cidade de criação, concertos corais, concertos de guitarra, ópera, dança, banda filarmónica, etc.
Por aqui acho que nem conseguem dar o devido valor, rentabilizando-o, ao espaço designado Arena D’Évora.
Enfim, foi só um desabafo.

ZERO À ESQUERDA disse...

"Reboliço" é o substantivo exacto. Nem imaginas quão exacto!! :)

Abraço e espero ver-te cá com a família!

Leonel Craveiro disse...

É muito difícil.
A família, esposa, não liga muita importância e eu vou tendo as minhas apitadelas de fim-de-semana.
Quem sabe se não vou arbitrar para os lados de Lisboa, papo a sopinha na casa da Arminda e dou uma saltada ao espectáculo. Pode ser que calhe, amanhã é que sei o que sairá na rifa.
À parte da cultura, embora lhe possamos chamar cultura desportiva, penso que a tua filhota faz parte da selecção distrital, certo?
Fui convidado para arbitrar o Torneio Inter Associações, que irá decorrer aqui em Évora, nos dias 28 e 29 de Novembro, aparece que eu estarei por cá.

Abraço

vovó disse...

lá estaremos!
e o meu "apêndice" mais novo, que vai estar bastante por lá!!! oh maestro, não esperava por esta :)...

beijocasssss
vovó Maria

ZERO À ESQUERDA disse...

Há coisas que são assim, porque são assim. Espero que o fato lhe fiquem que nem uma luva! Beijos grandes, vovó!!!

vovó disse...

:)!
Obrigada!!

quanto ao fato, andamos em "demarches", mas a coisa "dará-se" :)...

beijocasssvovó Maria

ps: "amakitu"? já são influências do seu colega maestro? :)))...

maria sousa disse...

O "reboliço" é tanto que parece já não sobrar tempo para outras artes...mas há vida para além da música e não podemos perder nenhuma flor deste campo imenso!

ZERO À ESQUERDA disse...

Claro, Maria! Tem toda a razão. Contudo,nem só de música se fala em Montemor: há galerias de pintura, há oficinas de escultura, há teatro, há cinema, há bailado, há ciclismo, há columbofilia, há pesca, há caça,há atletismo, há a Universidade Senior, há visitas guiadas à cidade e aos arredores... há, como vê, outras iniciativas para além das musicais. Só que cada um "toca o que sabe" (ou o que pensa saber).
Um abraço.

Anónimo disse...

João Luís:
Não vou poder estar presente. Não consigo organizar-me para ir aí ao fim de semana, o que me leva a perder, eu sei, inúmeros espectáculos.
Sem ser Lisboa e Porto (e nesta não pela actividade da respectiva Câmara Municipal), não há outro município no pais, basta percorrê-lo, com uma tão constante e diversificada actividade cultural ao longo de todo o ano, como Montemor-o-Novo.
Por vezes, acho que muitos montemorenses não têm plena noção disso. Com o Curvo Semedo modernizado (com pequeno auditório), com o Convento da Saudação e de S. Francisco recuperados, com o Centro Nacional de Artes Transdisciplinares instalado, planeando cada vez mais atempadamente, melhorando aqui e ali, Montemor poderá fazer da cultura um cada vez mais efectivo eixo estratégico do seu desenvolvimento, sem igual no interior do país!
Que o público compareça cada vez mais, já que a arte tem o condão, de nos tornar melhores, mais ricos seres humanos.
Que todos, para além da sua cor política, percebam, assumam, divulguem e apreciem o trabalho que a CM e as mais diversas associações montemorenses, contínuamente, desenvolvem!
Parabéns aos construtores e aos participantes em mais este Ciclo de Outono. Que os montemorenses, e não só, usufruam. E, a maior parte das vezes, gratuitamente, ou quase, segundo creio saber.
Como montemorense reconhecido agradeço,
Obrigado.
fj

João Miguel Macedo disse...

Lá estarei! :)

samuel disse...

Claro que estarei lá... mas não me conformo com essa coisa de vir uma soprano e uma meio soprano. Que diabo! Custaria assim tanto mais dinheiro virem as duas sopranos inteiras? Lá por estarmos na província, não merecemos o mesmo que os da capital?
Bom... pelo menos arranjem um banquinho à senhora...

Abraço.

ZERO À ESQUERDA disse...

Também me causou alguma embechação. Mas eles "é que têm os livros". É ou não é?
Abraço.

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal