sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Porta Mágica: em frente!

Já devia ter falado mais vezes neste assunto. O que me tem impedido? O tema e a instituição em causa estão ligados a um familiar muito próximo e tal facto talvez me tenha feito adiar uma ou outra manifestação mais entusiástica. Decidi de mim para comigo que não havia motivo forte para novos adiamentos. Pelo contrário: havia, sim, motivos para escrever sobre o assunto – sobre a sua importância na sociedade civil montemorense, sobre a sua urgência e o entusiasmo com que um grupo de cidadãos tem vindo a dedicar-se à causa.

Fundada há 3 anos, a Porta Mágica, Instituição de Solidariedade Social, está muito perto de conseguir o seu grande objectivo: abrir um espaço onde crianças e jovens em situação de risco possam ser acolhidos temporariamente, até ao momento em que se proceda ao seu reencaminhamento pelos serviços competentes, para a sua família, depois de esta ter adquirido novas competências, ou para famílias onde possam ser amados, respeitados e felizes. Para que essa Casa, localizada em Montemor, possa tão depressa quanto possível servir os objectivos da Associação, tem sido necessária a promoção de angariação de fundos, através de diversas iniciativas que só têm comprovado o interesse e a solidariedade que muitos cidadãos, amigos uns, anónimos outros, têm manifestado a favor do projecto.

O pintor Malangatana, recentemente doutorado Honoris Causa pela Universidade de Évora, e profundamente ligado à Associação, aceitou o convite da Porta Mágica para, como seu Patrono, atrair as atenções de outras instituições e fontes de apoio.

Integrada neste ciclo de iniciativas com o objectivo de, após todos os procedimentos legais concluídos, abrir, finalmente, a sua Porta Mágica, vai realizar-se no próximo dia 8 de Maio, no Cine-teatro Curvo Semedo, uma grande gala de variedades que contará sobretudo com a presença de artistas de Montemor, que têm mostrado, ao longos dos anos, o seu amor à arte e a sua paixão pelas grandes causas. A porta daquela grande sala de espectáculos também vai ser mágica nessa noite, porque é por ela que o meu caro leitor vai entrar para, com o seu contributo, fazer mais felizes muitas crianças e jovens que precisam de si.

Completamente por dentro de toda esta movimentação, e contagiados pelo entusiasmo da mãe, os meus filhos gémeos de 15 anos perguntaram-me se, depois de aberta a Casa, havia possibilidade de fazerem voluntariado. Não lhes respondi… Senti uma certa humidade a turvar-me o olhar.

12 comentários:

vovó disse...

lá estaremos! :)

tão Lindos o P. e a J.! :)...

beijocassss
vovó Maria

Maria Joao disse...

Desta gostei muito. Assim, com estas pessoas grandes e estes jovens, vamos lá chegar.
Parabéns aos pais!
MJS

Zero à Esquerda disse...

:)
Obg., Professora!!

Luis disse...

Irei contribuir para essa causa tão nobre, com a ajuda de deus.Muitas crianças irão agradecer essa maravilhosa obra.
Um abraço

natália disse...

Olá.
Também quero contribuir com um pouco de magia...e quero cumprimentar a Jovem Amiga Minha (a que tem um mar de ternura no olhar)pela vida que tem dado a este projecto.
Gostei de saber que os miúdos estão a "crescer" nos seus valores...
E, já agora, pai, obrigada por escreveres estas frases mágicas.
Bjo para todos.
Natália

Zero à Esquerda disse...

Obrigado, Luís. O mar não nos separa. Antes nos une, e quando menos esperávamos. Um forte abraço.

Zero à Esquerda disse...

Natália: tu já és um contributo. A tua energia, a tua paixão pela vida e pelo de bom que ela te/nos dá torna-se contagiante neste ramerame do deixa andar. É essa a diferença. Será essa a solução. Beijos meus e da tal miúda com ternura no olhar. E um abraço ao Fernando e às crianças.

Conceição disse...

Também faço questão de lá estar e de contribuir para esta causa.

natália disse...

Olá outra vez.
Obrigada pela resposta que me deixou sensibilizada.
Um beijo para ti e para a família.

Zero à Esquerda disse...

Lá estaremos, Conceição!
Obrigado e um abraço

Leonel Craveiro disse...

Gostava imenso de poder lá ir. Vamos ver se as apitadelas permitem.
Deixa-me só elogiar os teus pequenos, no futsal já os conheço e sempre com uma postura muito digna, que são grandes nos horizontes e no pensamento, assim se mantenham, sempre prontos a ajudar aqueles que mais necessitam.
Aquele abraço e cumprimentos ao resto da familia.

Catarina Pinto Xavier disse...

Já marquei na minha agenda!
Tenho seguido o projecto e parece que Maio será o mês ideal para escrever sobre ele!
Beijinhos a todos,
Catarina Pinto Xavier

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal