segunda-feira, 18 de abril de 2011



Os professores continuam a ser muito mal tratados pelo sistema. Primeiro, têm uma ministra que não sabe muito bem o que anda lá a fazer e, depois, têm de aturar encarregados de educação que também não sabem muito bem o que é ser-se encarregado de educação. Imaginem lá estas frases de alguns deles: “Eu não sei o que fazer do meu filho. Resolvam vocês, professores, o problema. Não é para isso que pagamos os nossos impostos?” Acham isto normal? Eu, que sou apenas um simples professor de Inglês de província, não tenho a obrigação, nem a preparação, para resolver os problemas que os pais dos alunos não conseguem ou não querem resolver, por incompetência, balda ou negligência.  Ó que eu gosto mesmo é de ensinar.

2 comentários:

HGC disse...

Pois, toma lá!
Eles (os paizinhos) pagam impostos, não é? E só por causa disso já podem demitir-se das obrigaçoes de pais.
A formação escolar/académica é da responsabilidade dos docentes sem dúvida. Mas os meninos e meninas não vivem só dessa formação. São também, produto da educação (ou falta dela) por parte dos adultos que têm essa responsabilidade desde o primeiro segundo das suas vidas.
Na realidade, com paizinhos que dizem barbaridades como esta do "pagamento de impostos", nem é preciso dizer mais nada.. é preciso mesmo é rezar para que as criancinhas, de hoje para amanhã, não gerem novos "pagadores de impostos" como os seus papás.
;)

Anónimo disse...

A educação começa em casa ou seja na familia mas ultimamente temos vindo a assistir a essa ,e outras transferências de competências, da familía para a escola, mas quando nós tentamos educar também nos dizem que para educar estão cá eles(pais) ...«Somos presos por ter cão e por não ter».

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal