domingo, 4 de dezembro de 2011

Festas Felizes


Querido Menino Jesus:
Escrevi-Te há mais ou menos um ano uma cartinha com pedidos vários, para mim, para os meus e para o meu país. Das duas… uma: ou, por seres bebé recém-nascido (quantas vezes é que já recém-nasceste?), ainda não sabias ler e nem sequer olhaste para as minhas palavras aflitas, ou, por seres um menino sobredotado, leste tudo mas achaste que havia coisas mais importantes para resolver no mundo. Se assim foi, repara, nota bem, Menino Jesus, que nada foi resolvido, nem cá, nem lá, nem em lado nenhum. Vamos acabar o ano com o país de pantanas, com a Europa de pantanas, com o Mundo sem hipótese de conserto nos tempos mais próximos.

Não sei se foi a conjuntura ou a burrice dos homens mas sei que, para este Natal, não Te peço rigorosamente nada. Não vale a pena. Até para o ano e, olha, há um tipo chamado Herodes que, mais dia, menos dia, vai começar a andar atrás de ti, porque está com medo de perder o tacho. É todos os anos a mesma cena. Por isso, põe-te a pau, Miúdo!
Um abracinho.



5 comentários:

Anónimo disse...

Nem pelo Natal consigo ter esperança em dias melhores ...
Que mundo (e que país) desgraçado!
Teresa Fonseca

Prophet of Disaster disse...

Hey, não vale dar dicas sobre acontecimentos futuros! Se os acontecimentos mudarem de maneira a evitar que a pessoa que os mudou o faça, pode criar um paradoxo e pode provocar uma ruptura no espaço-tempo contínuo e o universo pode explodir! Quer ficar com esse peso na consciência?

Cloreto de Sódio disse...

Ganda filme, o Butterfly Effect!

Prophet of Disaster disse...

A minha inspiração foi antes a trilogia Back To The Future... eheheheh

Cloreto de Sódio disse...

Também,também!!!!

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal