domingo, 24 de junho de 2012

Férias na praia? Já lá vai o tempo....



Vêm aí as férias. Muitos portugueses, com os subsídios de férias cativos para pagamento dos grandes buracos criados por verdadeiras corjas de malfeitores, não terão alternativa: ficam em casa, com os pés de molho num alguidar com água fresca, à espera de melhores dias. A minha fofa já comprou dois: um para nós e outro para os vizinhos de cima. De barro, para a água se aguentar fresquinha durante mais tempo. E comprou também um saquinho de sal de cozinha. Sempre ficamos com o sabor a mar nas canelas.
A “economia de Verão” vai, portanto, ser uma catástrofe. Centenas de restaurantes, das duas, uma: ou fazem preços rastejantes, e não terão retorno suficiente para pagar aos fornecedores, ou terão de encerrar portas; se baixarem os preços… vão ter de fechar na mesma. Os hotéis irão funcionar a meio-gás com o dinheiro de alguns camones e nós, a malta normal, mais uma vez, ficaremos sem capacidade para gozarmos aquilo que é nosso: as nossas praias, o nosso Sol, o nosso país meio devassado por incompetentes.
E como isto está tudo muito deprimente, vou acabar por aqui para ir dar uma massagem à minha fofa, que hoje acordou com os músculos tensos na zona do pescoço.. Até logo.





Sem comentários:

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal