domingo, 15 de fevereiro de 2009

Disseram-me que num país dito livre, o secretário-geral de um certo partido foi reeleito, não só pela união que criou no seu grupo, mas também pelo consenso das suas políticas e pelo equilíbrio que trouxe ao país enquanto primeiro-ministro, independemente da crise mundial que, felizmente que a há, serve agora como desculpa para tudo o que o senhor entende. O verdadeiro motivo do descalabro em que já vivem os habitantes desse país ainda ninguém o quis descobrir. É pena. Mas por lá, consta que há uma velha tradição: assim que alguns saltam para a ribalta por razões menos louváveis, sabem, à partida, que ganharam a confiança de muitos. Assim tipo Robin dos Bosques mas... ao contrário.

Sem comentários:

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal