domingo, 20 de junho de 2010

Gaffe?



Não. Não foi gaffe.
Foi um acto deliberado.
Cavaco Silva, Presidente da República Portuguesa, o presidente de todos os portugueses, enviou uma mensagem de condolências à família de Saramago, escritor, português, Prémio Nobel da Literatura. 
Diz que não ia ao funeral. Diz que estava de férias.
Lamentável mas coerente. Não são os cargos que mudam as pessoas. Cavaco Silva, primeiro-ministro em 1992, é o mesmo Cavaco Silva, presidente da república em 2010. Um homem tristemente coerente.

P.S.: Com esta atitude, acabou de perder as próximas presidenciais.

12 comentários:

Anónimo disse...

Deus, este é um país tristemente coerente em todos os sentidos...só em Portugal é que o Presidente da República não vai ao funeral dum escritor laureado como Nobel porque está de férias. Só neste país mesmo.

Anónimo disse...

um dia, esta criatura, disse não ser presidente de todos os portugueses. por isso mesmo, não é meu.

abraço
vovómaria

Alfredo disse...

Caro Prof. neste assunto não concordo consigo! Se é sabido que a relação entre os dois era bastante hostil, seria uma atitude de grande hipocrisia a presença de Cavaco no funeral! Tenho quase a certeza que nem o defunto gostaria!
Também não voltarei a votar nele, mas não por este motivo onde até acho que esteve bem.

Leonel Craveiro disse...

É muito simples.
Não eram amigos ou conhecidos (palavras do Presidente), nesse aspecto foi realmente coerente. Fez-se representar, também é para isso que ele ainda tenta mandar alguma coisinha.
Por ultimo, tenho a certeza que o Saramago também não irá ao funeral do Anibal, estão quites.

Cada vez gosto mas de caracóis quentes e cerveja fresca.

Alfredo disse...

Continuando...
Seria uma atitude tão hipócrita como o foram a coroa de flores dos manos Castro e a encenação dos elementos do PCP. Há muito que Saramago tinha manifestado a sua desilusão com o regime cubano e com o PCP por não mudar o seu rumo e continuar como um partido nada democrático!
Aliás aproveitamento público deste falecimento foi o que não faltou. Deu um jeitão ao PS que o empolou para tentar fazer esquecer a vergonha do ataque às prestações sociais!
Penso que o próprio Saramago, discreto e tímido como era, teria ficado bastante desagradado com o seu funeral!

Cloreto de Sódio disse...

Concordo que houve aproveitamentos políticos do PCP e do PS. Houve momentos em que fiquei sem saber se estava a assistir a um funeral se a um comício. Também acho que Saramago teria detestado todo aquele aparato e as falsidades que por ali se passearam. Mas continuo a achar que Cavaco Silva deveria ter estado presente. Era, na minha opinião, o seu dever institucional.

maria sousa disse...

Se cavaco tivesse prestado homenagem a JOSÉ SARAMAGO - como lhe competia enquanto presidente - não seria nem mais nem menos coerente, nem mais nem menos hipócrita do que foi no dia em que ousou olhar de frente a estátua de SALGUEIRO MAIA.
Poucos dos que lá passaram possuem estatura moral para o fazer.
José Saramago não precisou, nem precisa deles. A sua obra também não.

Cloreto de Sódio disse...

Portugal tem por hábito apagar os momentos e as personagens da nossa História que, à luz das mais variadas ieologias, tiveram comportamentos reprováveis e impossíveis de aceitar. É por isso que a nossa relação com o passado dificilmente fica resolvida. É por isso que continuamos a misturar assuntos, pessoas e comportamentos. É por isso que continuamos a cometer os mesmos erros, só que com algumas décadas de distância. Como disse já não sei quem, aprendemos com a História que não conseguimos aprender nada com ela. Saramago, tal como Eça, Camilo, Pessoa, Cardoso Pires, Lobo Antunes, José Luís Peixoto, entre muitos outros, é um dos mais fortes embaixadores não de Portugal mas da Língua Portuguesa. E eu gosto disso. E não gostei da ausência do Presidente da República. Qualquer um de nós já tem assistido ou participado em cerimónias não por absoluto prazer mas por dever institucional ou mesmo familiar. Cavaco deveria ter lá estado. Desculpem esta minha obsessão. Abraços a todos.

Anónimo disse...

não , amigo, não é obsessão. ele (o tal de presidente) é que tinha a Obrigação.
beijocassss
vovómaria

samuel disse...

Triste país que tem um Presidente incapaz de ser um pouco mail "alto" do que o cidadão Cavaco!

Abraço.

kalikera disse...

http://kalikera.blogspot.com/2009/12/e-so-um-fino-que-os-caracois-fazem-me.html

kalikera disse...

http://kalikera.blogspot.com/2009/06/um-sapo-do-tamanho-duma-chaimite.html

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal