segunda-feira, 7 de maio de 2012

Coro Lopes-Graça em Montemor


“Roubo as canções ao povo e depois devolvo-as com juros."         
F. Lopes Graça
    
           Fundado em 1945, pelo compositor Fernando Lopes-Graça, o Coro da Academia de Amadores de Música, de Lisboa, continua a seguir os passos do Mestre através do talento e da generosidade de José Robert, assistente de Lopes-Graça desde 1977 e maestro titular do coro desde 1988, e de Ivo Castro, actual assistente de José Robert.
Para continuar a comemorar os seus 25 anos de existência, o Coral de São Domingos convidou este coro que é, no panorama da música coral portuguesa, uma indiscutível referência histórica e artística. É, provavelmente, o único coro do mundo que canta apenas obras de um único compositor!
            O Concerto deu-nos uma breve panorâmica do imenso trabalho de Lopes-Graça na área coral: peças tradicionais, peças originais sobre textos populares e, claro, algumas das suas Canções Heróicas. Para quem estuda música, para quem estuda Lopes-Graça e para quem canta num coro, foi um momento único. O Mestre Graça esteve ali, connosco, nas vozes daquele grupo que, quando canta, tem como objectivo primeiro cultivar o purismo que o compositor colocou em cada nota, em cada melodia popular, em cada harmonia que se estranha mas que se entranha no segundo seguinte. O Concerto foi, sem dúvida, a forma que tivemos de ficarmos mais próximos daquele que foi um dos compositores mais ousados, quer em termos técnicos, quer artísticos, quer políticos do século XX português.  
Uma vez por outra, a imagem do Maestro José Robert esbatia-se levemente e surgia a figura, pequena, franzina, de cabelos grisalhos de Lopes-Graça. Mas foi impressão minha, decerto.
             Obrigado Coro Lopes-Graça da Academia de Amadores de Música. Um abraço aos maestros José Robert e Ivo Castro.  Este não terá sido o nosso último encontro

1 comentário:

Francisco Jorge disse...

Como corista tenor do Coro Lopes-Graça, tenho de registar o prazer da crítica/opinião/companheirismo do escrito no Cloreto de Sódio.

É claro que ainda devo escrever até mais qualquer outro bom dia.
Francisco Jorge, Linda-a-Velha

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal