segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Eu não dizia?


MEDINA CARREIRA: "O Estado Novo naufragou por falta de solução para as guerras coloniais; sem resposta eficaz para o presente afundamento económico, a actual actual democracia mergulhará o País numa confusão financeira e social, de efeitos dificilmente previsíveis, e acabará por ser substituída."


Por outras palavras: estamos MESMO tramados. (Vislumbro no horizonte alguns candidatos a salvadores da pátria.)

3 comentários:

Carlos Machado Acabado disse...

Este Medina Carreira é obviamente um "terrorista verbal" com uma certa graça (o que, num país de "filhos-da-mãe descafeinados" acaba, até, aliás, por ser um mérito relativo...) mas não perderíamos seguramente coisa alguma começando por fazer algo que ele tem, afinal, a grande qualidade de não se cansar pedindo ou sugerindo: que reflictamos seriamente TODOS, como País, sobre nós mesmos e nossa (in?) viabilidade futura, tantas vezes (e nem sequer só por ele) anunciada...

Para que não nos tornemos, de facto, um admissível 'case study' de "I-told-you-so-syndrome", como ele sugere e o título desta entrada do "Cloreto..." lembra...

"Just in case", ao menos...

...Ou "por si acaso", como dizem aqui bem mais pertinho os nossos amigos "españoles"...

Carlos Machado Acabado disse...

Um protesto: estou... marreco de tentar ser seguidor do "Cloreto..." e vou sempre parar a outro lado qualquer.
João Luís: qual é a tua morada-e exacta?...

ZERO À ESQUERDA disse...

Aqui está ela.

http://maradodasideias.blogspot.com/

Abraço

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal