quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Faites Daivars


Pinto Monteiro contra o Estado e os magistrados; Marinho Pinto contra os advogados com três anos de curso (curso?); casamento de pessoas do mesmo sexo em alta e a irritar o pessoal bem comportado das igrejas; crucifixos em locais públicos, burkas e mánasêquê; Salazar morreu há quarenta anos e era uma excelente pessoa (dizia a D. Maria, sabe-se lá porquê); Cristino Reinaldo e o seu alegado filho; a mãe de Cristino Reinaldo, alegada avó do alegado neto; Queirós no olho da rua e sete cães a um osso; as tias das revistas (a Cuca, a Loló e a Pachacha) e outras porrinhas do género continuam a cumprir a sua função: desviar a atenção do Zé Povinho, enquanto o Zé Primeiro, cada vez mais relativo, lhe continua a ir ao... bolso. Vivam as férias e viva também a estupidez natural do povo que já nem estatuto de povo tem, cada vez mais pobre na carteira e na cabeça.

2 comentários:

Anónimo disse...

gosto do "Cristino Reinaldo" e do "Zé Primeiro" :))))...

quanto ao post... infelizmente e para "variar", na mosca!
beijocasssss
vovómaria

Leonel Craveiro disse...

Viva a monarquia.

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal