quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Não sei bem porquê...


Recebi este texto através do Facebook, publicado por uma miúda fantástica, minha ex-aluna, chamada Ana Castanho. Li e personalizei-o. Obrigado, Ana.




Em memória de cada paciente com cancro, dos familiares ou amigos que perderam a batalha, e também em homenagem aos que continuam a vencê-lo! Um tributo à ciência e aos médicos e suas equipas sempre em luta contra o tempo, os primeiros a saudar uma vitória ou a sofrer uma frustração. Um olhar especial a todos os meus amigos que já partiram, sem nunca terem perdido a esperança. Hoje, não sei porquê, é um dia bom para pensar neles.

Sem comentários:

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal