sexta-feira, 2 de abril de 2010

Sexta-feira da Paixão

Somos uma família solidária com os que fazem questão de seguir a tradição católica. Por isso, quer acreditemos, quer não, nesta espécie de dogma, hoje não se come carne cá em casa.
Há muitos anos, NINGUÉM podia comer carne à Sexta-feira Santa. Ninguém, com excepção dos doentes, claro, que estavam dispensados pela Igreja desse sacrifício, e dos mais endinheirados que pagavam a chamada Bula para poderem usufruir de todos os prazeres da mesa. Hoje, os menos endinheirados nem dinheiro têm para pagar a Bula, quanto mais para comprar bifes. Por isso, a tradição vai continuar a ser o que era.
Uma Sexta-feira ao vosso gosto, são do desejos do pessoal... em dieta forçada!

15 comentários:

João Cavaco disse...

também não se come carne à Sexta-Feira.
Sempre se seguiu a tradição e sempre se há de seguir.

Cumprimentos e Bom Feriado

Luis disse...

Manter a tradição, tudo bem. Acho que um sacrifício é mais que uma sexta feira sem carne. E que tal um dia sem luxos, extravagâncias e mesas fartas? Amor, Paz e Gratidão.
Um dia em família com Deus.

Boas Páscoas

Luis disse...

Manter a tradição, tudo bem. Acho que um sacrifício é mais que uma sexta feira sem carne. E que tal um dia sem luxos, extravagâncias e mesas fartas? Amor, Paz e Gratidão.
Um dia em família com Deus.

Boas Páscoas

Leonel Craveiro disse...

Camarão, pode-se comer?

Anónimo disse...

não se come, não!
os ricos ao pagarem a bula já o podiam ou podem fazer, mas aos olhops de Deus e da igreja não somos todos irmãos?
não teremos todos os mesmos dieritos?
ou os ricos por terem dinheiro já podem pecar?
a igreja deixa muito a desejar...

maria sousa disse...

Estamos de acordo, nem dinheiro nem bifes, mas confesso a minha perplexidade perante o raminho em cima do bife, diz-me mestre J.Salgueiro que pode ser alecrim, será? E o que faz aí o Cristophoro? Se é o que eu penso não falta aí mais qualquer coisa ou alguém?
Estou mesmo confusa...
Abraço

Anónimo disse...

Até a igreja é corrupta!
Quem paga pode pecar.

Anónimo disse...

Há comentários que me deixam chocado por três motivos que adornam certas mentes captas: a "santa" ignorância; as consciências medievais; as palavras não pensadas ao género dos povos bárbaros!
Comer carne à sexta-feira não é nem nunca será pecado!!! É uma renúncia, o que é bem diferente! Quanto à bula, isso são coisas que já não existem há muito tempo! Quanto à corrupção... essa existe, até na falta de frontalidade de quem acusa escondido no anonimato!
A Igreja tem tido muitos erros... isso é muito verdade! Mas também tem sido a única instituição que ao longo dos séculos tem sabido reconhecer os seus erros, derrubando os muros do orgulho, próprios da sociedade laica!
Caro Dr. João, desta vez ousei um pouco, mas não gosto de injustiças, ou seja, de acusações (directas ou indirectas) àquilo que sou e represento na nossa cidade.
Mas, como é hábito, termino identificando a minha pessoa...com frontalidade, honestidade e respeito!
Uma Santa Páscoa... para os que têm bulas e para os que não têm!
Padre Ricardo

Cloreto de Sódio disse...

João: já percebi que ainda se cultiva essa tradição aí em casa. Abraço e Boa Páscoa.

Cloreto de Sódio disse...

Concordo, Luís! Os sentimentos à superfície ajudarão a viver a Páscoa de outra forma. Abraço para a Madeira.

Cloreto de Sódio disse...

Camarão... pode, Leonel. Ovos é que eu não sei. Só de chocolate? Abraços e Boa Páscoa.

Cloreto de Sódio disse...

Anónimo das 23.36 e anónimo das 23.38:O texto a acompanhar a imagem do post é mais metafórico do que "jornalístico". Todos sabemos que em tempos havia os que podiam pagar a bula e os que não podiam. A própria Igreja reconhece isso. Hoje as coisas estão diferentes, tal como refere o padre Ricardo, num comentário mais abaixo. A questão da carne, e a renúncia que se pode fazer, passou também a ter um carácter mais simbólico e não obrigatório. Abraços e não precisam de ficar aborrecidos.

Cloreto de Sódio disse...

Maria de Sousa:
O raminho será o de alecrim para oferecer ao padrinho em troca de um saquinho de amêndoas. O resto... bom, o resto fica ao critério da interpretação de cada leitor. Boa Páscoa.

Cloreto de Sódio disse...

O Padre Ricardo ousou em resposta a outras ousadias. Um abraço e Boa Páscoa!

Anónimo disse...

SR Padre, continuo a achar que a Igreja ainda tem muitos muros a derrubar...
A bula pode já não se usar, mas existiu e é isso que me deixa agastado como Cristão.

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal