terça-feira, 22 de setembro de 2009

O país enlouqueceu


Perdeu-se o sentido lógico do Estado. Enveredou-se pela táctica do presumível inocente. Da qual nem o povo se safa. Esse é o menos inocente de todos. Sabemos o queremos? Ou continuaremos, alucinados, a tomar chá com a Alice?

5 comentários:

samuel disse...

Chá acompanhado de salada de certos e determinados cogumelos... :-)))

Abraço.

António Alferes Pereira disse...

Como disse alguém (confesso já não saber bem quem foi. Manuel Alegre? Talvez...): "É um país de bananas governado por sacanas".
Outro disse: "Isto não é um país; é um lugar mal frequentado".

Com grande mágoa minha, acreditam, começo a acreditar.
Saúde!

ZERO À ESQUERDA disse...

É um país de gente infeliz! :(

kalikera disse...

Uma infelicidade os sacanas dos cogumelos não baterem.

Carlos Machado Acabado disse...

Se enlouqueceu, não sei mas quase me deixo definitivamente persuadir recordando aquela cena verdadeiramente patética de humilhante, ocorrida no Largo... "dos ratos", na noite das eleições, com um lamentável coro de meia dúzia de imbecis, de patós úteis, aos pinotes, guinchando, libando ao "dono" e o "dono" ausente; o dono arrotando prosápia e desprezo pelos humildes num hotel de luxo qualquer enquanto, cá fora, na rua, longe do local da "orgia", as luzes do "forte" se iam uma a uma apagando, deixando os patos na sombra da sua própria perplexidade, imperdoavelmente enxovalhados...

Que impiedoso retrato da miséria em que, como País e como eleitorado, caímos!
Que vexame!
Que vergonha!

E que lição!...

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal