segunda-feira, 8 de março de 2010

P. M. F. (Plano Muito Fraquinho)

Não queria acabar este dia 8 com (mais) um amargo de boca. Acabei de ouvir o senhor Primeiro Ministro a falar no Plano de Estabilidade e Crescimento. Falou dos sacrifícios necessários, pedidos ao povo português. Falou na redução da despesa do Estado, mas não me lembro de o ter ouvido falar em diminuir os ordenados, os subsídios e as reformas dos ministros, dos deputados, dos directores gerais e dos gestores das empresas públicas. Não ouvi. Mas, se calhar, foi  o meu aparelho auditivo que pifou.
Vou trocar a pilha mas deixo aqui o Zé... a cumprimentar outro Zé.

11 comentários:

samuel disse...

O aparelho está óptimo!

Antonio disse...

Querias!!!! Olh'ó meu.

vovó disse...

pois é amigo! entre o tal do aperelho estar óptimo e o querermos ouvir falar de coisas, que nunca vamos ver concretizadas...vai uma distância!...

beijocasssss (inconformadas, desanimadas...)
vovó Maria

Anónimo disse...

Nao k o aparelho esta assim tao mao, ho Joao! Adoro-te, meu kerido...bjs.

Cloreto de Sódio disse...

Finalmente, uma admiradora (??) que dá, sem medos, largas à sua paixão! :)

Leonel Craveiro disse...

Acho que hoje é que devias ter perguntada à tua amiga:
- Ele falou em play back?
Para uma resposta do género:
- Oh João, não vês que falou em Português, mas deveria estar em black out!

Pois, porque discursos destes já não convencem ninguém, é preferível estar calado. Digo eu, que de politica não percebo nadinha, além das vezes sem conta em que me vão ao bolso.
Olha, ainda bem que ganho menos de 150000,00€ por ano!

Abraçinhos

Canela disse...

Olá João Luís, estive aqui de volta do teu blog que serviu de inspiração para fazer o meu que estava na gaveta há vários anos. Uma vergonha, bem sei, mas nestas coisas, como tantas outras, mais vale tarde que nunca.

Acho de facto o PMF o PMMMF... muito muito muito fraquinho.. o que não é fraquinha, bem pelo contrário é a obra que estás a produzir. Gostava de ter o prazer de te congratular por tal. Tenho tido a rara sorte de poder conhecer o teu trabalho com o Coro de S. Domingos, com a tua obra escrita com aqueles breves contos que, breves que são, não deixam de marcar a fogo as mentes ávidas de histórias bonitas que têm a sorte de lhes ver atravessar à frente aquelas linhas. Não se pode esquecer aqueles dois pares de botas... nem a chuva que teimava em não cair... enfim. Os homens são feitos de momentos que se fazem, e fazer custa... Por isso meu amigo, daqui tiro o meu chapéu pelo que tens feito. Continua e não pares porque dos fracos não reza a história e estou certo que em Montemor,e talvez bem além dessa e desta fronteiras, se houver justiça, há-de haver uma praceta com um nome que és capaz de já ter assinado.

Um enorme abraço,

Pedro Canela
http://oaromaacanela.blogspot.com

Luis disse...

Caro Amigo João,
Penso que neste momento o nosso Primeiro Ministro, está a precisar de uma terapia bem forte conhecida por "espíritos do passado, do presente, e do futuro", para que caia no real e acredite que o povo(classe média,baixa) e que sofrem com os seus jogos.Por outro lado acho que estamos todos com o aparelho avariado. Paz e esperança aos Portugueses.

Cloreto de Sódio disse...

Caro Pedro Canela:
Se o meu blogue serviu para reactivares o teu blogue, já valeu a pena. Muitos ainda seremos poucos.
Quanto ao resto, fico contente por conheceres a minha escrita e a música que o melhor Coral da Rua Direita me deixa fazer. Acredita que hoje valeu a pena vir dar uma volta aos comentários. O EGO também preciso de umas festinhas de vez em quando... :)Vou visitar-te em breve e deixarei lá um sinal.
Quanto ao nome da Praceta (não fazes por menos), se for caso disso, só o vou aceitar se a placa tiver, pelo menos,100 metros quadrados. Sabes porquê? Porque um homem sozinho não faz obra. E eu nunca estive sozinho. Um forte abraço.

adriano disse...

Este governo é como a chuva, não pára. Só que a chuva tira-nos da seca.

Anónimo disse...

Uns que têm os direitos e outros não os têm no sítio.

Brinquemos ás lamentações e não se esqueçam da caridade!!!

Santo Padre Abençoai os portugas as imensas "instituições de solidariedades" Lda. que lhes assentam tão bem, (e a estátua com os pombos a condizer).

Voluntários deste Portugal uni-vos .

Em nome do voluntariado mas sem lhes faltar o rico ordenado, comove as pedras da nossa campa á beira -mar!

Distraídos crónicos...

Contador de visitas

Contador de visitas
Hospedagem gratis Hospedagem gratis

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Montemor-o-Novo, Alto Alentejo, Portugal